Reescrevendo a história da Farroupilha na comemoração do seu Centenário: Entre o Período Vargas, a historiografia de Souza Docca e a nacionalização do regional

Palabras clave: História intelectual, História da historiografia, Lugar social, Farroupilha, Souza Docca

Resumen

O presente artigo quer examinar como o lugar social se articula com a construção de sentido na narrativa da história. O período investigado é o segundo quartel do século xx e o espaço analisado é a as relações intelectuais em torno da Farroupilha e do governo Vargas. O objetivo é analisar como foi construída a narrativa sobre a Farroupilha no contexto de seu centenário. Para isso, tem-se como fonte a ser examinada a obra historiográfica O sentido brasileiro da Revolução Farroupilha de 1935, do militar e historiador Souza Docca. O problema que norteia o artigo é saber como o lugar social contribuiu para a construção de sentido da Farroupilha. Conclui-se que a operacionalidade do lugar social na produção da obra supracitada foi decisiva como elemento da constituição de sentido da sua narrativa sobre a Farroupilha.

Publicado
2022-03-22
Cómo citar
Antunes Soares, F. A. (2022). Reescrevendo a história da Farroupilha na comemoração do seu Centenário: Entre o Período Vargas, a historiografia de Souza Docca e a nacionalização do regional. IBEROAMERICANA. América Latina - España - Portugal, 22(79), 149–170. https://doi.org/10.18441/ibam.22.2022.79.149-170
Sección
Artículos y ensayos